Wienerberger

A COGERAÇÃO COMO ESCOLHA ENERGÉTICA INTEGRADA AO PROCESSO DE PRODUÇÃO DOS LATICÍNIOS

A cogeração permite minimizar os custos e reduzir as emissões de CO2, sem renunciar às grandes quantidades de potência energética.

EMPRESA

Antes na Europa e depois nos Estados Unidos, na produção de tijolos aparentes e blocos de alvenaria térmicos, o Grupo Wienerberger com mais de 900 mil toneladas produzidas confirma também na Itália a sua posição líder no setor.

EXIGÊNCIA

Na fábrica Wienerberger de Bubano, nas proximidades de Imola, já funcionava uma planta de cogeração turbogás de 1MWe tecnologicamente obsoleta que foi desmontada. Para a nova planta, foi solicitado produzir energia elétrica para as plantas de produção e energia térmica destinada especificamente à secagem dos tijolos.

SOLUÇÃO

Os técnicos da Wienerberger tinham solicitado expressamente uma planta com potência elétrica de aproximadamente 2.500 KWe. Em particular, as aplicações para os secadores exigiam a utilização de fumaças quentes. Os especialistas da AB realizaram uma planta capaz de fazer muito mais que um turbogás: utilizar a água quente produzida pelo motor endotérmico através da planta de baterias de ar/água. Wienerberger verificou as vantagens de ter uma solução com conteiner externo, em vez de central.