VALOR AGREGADO PARA AS PRODUÇÕES EM ESTUFA

As instalações de cogeração atingem uma eficiência notável nas aplicações de greenhouse e constituem além disso uma fonte de energia elétrica muito flexível. O calor, a luz e o gás carbônico (CO2) favorecem além disso o crescimento das plantas. A energia elétrica pode ser empregada para a iluminação ou inserida na rede, o calor pode ser empregado para a produção de água quente e o CO2 contido nos gases de escapamento do motor pode ser absorvido e utilizado para estimular o crescimento das plantas, permitindo assim um aumento dos rendimentos de produção de até 30%, em relação a um cultivo tradicional em estufa privado de enriquecimento carbônico. Tudo isso consente prolongar o período de cultivo, acrescentando portanto também a quantidade dos produtos cultivados.

“Autoproduzir energia elétrica, sempre mais cara, aquecer as estufas e fertilizar as culturas com o CO2: estas são, em síntese, as potencialidades oferecidas pela cogeração.”